Páginas

Carta para você

WeHeartIt

"Olá.
Não sei se essa carta é apropriada, mas gostaria de dizer algumas coisas que estão me incomodando ultimamente, e acho que também deveria saber.
Lembro quando nos conhecemos (ou conversamos pela primeira vez pessoalmente), naquele intervalo tumultuado, eu sentada num banco, lendo, e você apareceu lá, do nada. Eu não sabia o que fazer. Nem você. Eu fiquei corada (me contaram assim que você saiu que eu parecia um pimentão). E desde esse dia a única coisa que queria fazer durante todos os intervalos era conversar com você, ou ao menos te ver. E foi assim por um tempo, até que começamos a ficar mais "íntimos" - nem é a palavra mais apropriada mas vamos usá-la -. Lembro também de quando eu deitava no seu colo e você mexia no meu cabelo. Na verdade o bagunçava, eu ficava parecendo uma louca toda despenteada, mas aquilo era tão bom, eu me sentia tão bem contigo. Isso ainda me faz sorrir igual uma boba.
Porém, um dia eu não estava no meu melhor humor, e decidi que seria melhor cada um seguir seu rumo. Não lembro das exatas palavras, mas lembro que, na minha cabeça eu estava "Por quê? Você é louca. Não faz isso." Mas eu fiz. Fiz porque queria ficar só por um tempo, botar minha cabeça em ordem (um dia talvez todos entenderão o que estava realmente acontecendo), respirar um pouco. Só não sabia que precisava de tão pouco tempo. Quando me dei conta do que tinha feito, já tínhamos nos formado. Era férias. Eu não tinha mais seu número, nem seu coração. Me arrependi amargamente por isso. Mas eu acredito que existe uma razão pra tudo acontecer. Eu não entendia antes qual seria essa razão, mas acreditava que um dia entenderia. Infelizmente, ainda não entendo.
Tentei te esquecer, porque ainda doía perceber o que eu tinha feito. Ano letivo começou. Eu te vi, e tudo que eu tinha lutado pra esquecer voltou como uma bomba. Já não eramos os mesmos. Já tínhamos seguido em frente, cada um para um lado. Isso foi bom por um lado, consegui me concentrar na escola, me acostumar com esse horário maluco de estudos. Porém, eu não sei o que aconteceu, mas recentemente eu voltei a sentir tudo aquilo que sentia por você, e veio tudo de uma só vez. Eu virei uma confusão de sentimentos tão grande, que já não entendia mais nada do que estava acontecendo. O pior foi que isso tudo voltou quando você já estava distante. E com outra pessoa.
Ver essas cenas entre vocês revira meu estômago. Ver você conversando sem jeito com ela, ver ela deitada no seu colo e você fazendo carinho em seus cabelos, são cenas que fazem meu coração doer toda vez. Eu não te odeio por isso, nem a odeio por isso também. Não tenho motivos. Eu te entreguei pra ela. Sem querer. Dói toda vez que eu lembro que o motivo de eu estar assim por vê-lo com outra foi eu. Porque fui estúpida e não soube aproveitar quando tive a chance. "Não sinto mais nada por ela", você disse, e me contaram. São palavras que machucam. Mas o que eu posso fazer, né? Você não tem culpa de nada.
Mas enfim, o motivo disso tudo é simplesmente pedir desculpas pela minha atitude a quase um ano atrás. Não deveria ter feito aquilo, não tinha motivos pra machucar alguém que não tem nada a ver com os meus problemas, e eu estou profundamente arrependida. Talvez não queira mais nem olhar pra mim, mas espero que um dia possa ao menos me perdoar.
I miss you more than ever. 
I'm sorry.
xx"